Como fazer os melhores textos âncora (link text) para SEO

Este post faz parte da série “A Página Perfeita”.

Escrevendo textos âncora melhores

Segundo o Guia do Google:

Na definição do Guia, “texto âncora é o texto clicável que os usuários vêem como link, e é colocado dentro da tag de âncora <a href=“…”> </a>. Este texto diz aos usuários e ao Google algo sobre a página que você está apontando. Links em sua página podem ser internos ou externos.”.

Práticas recomendadas:

• Escolha um texto descritivo;
• Escreva textos concisos;
• Estilize seus links de forma a torná-los facilmente reconhecíveis;
• Pense também no texto âncora para links internos.

Evite:

• Escrever textos âncora genéricos como “página”, “artigo” ou “clique aqui”;
• Utilizar um texto off-topic ou que não tenha relação com o conteúdo da página apontada;
• Utilizar a URL da página como texto âncora como regra geral (existem, porém, circunstãncias onde faz sentido utilizar a URL, tal como a promoção ou referência a um novo site);
• Escrever textos âncora muito longos, tais como uma frase longa ou parágrafo;
• Usar CSS ou estilos que faça com que links se confundam com texto normal;
• Preencher o texto âncora com palavras-chave ou frases longas apenas para ludibriar os mecanismos de pesquisa;
• Criar links desnecessários que não ajudem o usuários a navegar em seu site.

Agora sim minhas dicas:

• É um fator importante para bom ranking;
• Use menus em texto, e não imagens (na medida do possível);
• Se possível, deve conter no texto E na url de destino, as palavras-chave do site;
• Usar sempre a tag TITLE para seus links, ali você faz a descrição da página para onde o visitante está indo.

Como otimizar as imagens de meu site para SEO

Este post faz parte da série “A Página Perfeita”.

Otimização do uso de imagens, tags <ALT> e <TITLE>

Segundo o Guia do Google:

Na definição do Guia, “imagens podem parecer um simples componente do seu site, mas você pode otimizar a utilização delas. Todas as imagens podem ter um nome de arquivo e atributo ‘alt’ (alternativo) únicos, dos quais você deve tirar vantagem. O atributo ‘alt’ permite especificar um texto alternativo para a imagem, caso ela não possa ser exibida por alguma razão.”.

Práticas recomendadas:

• Utilize nomes de arquivos e atributos “alt” curtos e descritivos;
• Forneça atributos “alt” ao utilizar imagens como links;
• Armazene imagens em um diretório separado;
• Utilize formatos de arquivos amplamentes suportados (JPG, GIF, PNG e BMP)

Evite:

• Utilizar nomes genéricos como “imagem1.jpg”, “foto.gif”, “1.jpg” quando possível;
• Escrever nomes extremamente longos;
• Preencher o atributo “alt” com palavras-chave ou copiar e colar frases inteiras;
• Atributos “alt” excessivamente longos que podem ser considerados spam;
• Utilizar apenas imagens como links de navegação.

Agora sim minhas dicas:

• Para toda tag “alt”, usar uma tag “title”, com o mesmo conteúdo (réplica!);
• A descrição da imagem deve ser relevante ao conteúdo da imagem;
• A descrição da imagem deve ser relevante às palavras-chave do cliente;
• No máximo 80 caracteres para cada imagem;
• Deve ser feito em TODAS as imagens do site.

Como usar bem os cabeçalhos (H1 e H2) para SEO

Este post faz parte da série “A Página Perfeita”.
Uso apropriado das tags de cabeçalho
Segundo o Guia do Google:

Na definição do Guia, “as tags de cabeçalho são utilizadas para apresentar a estrutura da página para os usuários. Existem seis tamanhos de tags de cabeçalho começando com <h1>, a mais importante, e terminando com <h6> , a de menos importância”.

Práticas recomendadas:

  • Imagine que está escrevendo um resumo esquemático;
  • Utilize tags de cabeçalho com moderação.

Evite:

  • Colocar textos na tag de cabeçalho que não são úteis na definição da estrutura da página;
  • Utilizar tags de cabeçalho onde outras tags como <em> ou <strong> façam mais sentido;
  • Alternar entre tags de cabeçalho sem nenhuma lógica;
  • Utilizar tags de cabeçalho de forma excessiva em toda a página;
  • Colocar todo o texto da página em uma tag de cabeçalho;
  • Utilizar a tag de cabeçalho apenas para definir o estilo do texto e não para estruturá-lo.

Agora sim minhas dicas:

  • Deve haver pelo menos uma frase com <H1> e uma em <H2>;
  • Deve ser bem escrito (lembre-se, é diretamente visível para os visitantes);
  • Deve utilizar palavras-chave que estejam no título e nas descrições.